Você é uma bi-curious?


Suas fantasias mais quentes envolvem outras mulheres?




Bem-vinda ao clube: segundo pesquisa recente, metade das mulheres hétero tem passado por isso. As bi-curious transam com meninas, mas não são bi nem lésbicas

Você já desejou outra mulher? Já sentiu vontade de beijá-la? Já pensou em ir para a cama com ela só vocês duas, sem namorado nem ménage para “tirar o foco”? Fique tranquila se a resposta for sim: você não é anormal, tarada, trocou de time e – o mais confortante de tudo – não está sozinha.



De acordo com uma pesquisa da Universidade de Boise, em Idaho (EUA), com heterossexuais do sexo feminino, você faz parte dos 60% das mulheres que se sentem atraídas por outras mulheres. Detalhe quente: 45% delas confessaram ter beijado meninas, e metade disse já ter fantasiado com pessoas do mesmo sexo.


“Às vezes, uma decepção amorosa é o suficiente para dar um ‘empurrãozinho’ nessa curiosidade natural, já que a amizade e o carinho podem evoluir para algo amoroso e sexual”, explica a psicanalista Fani Hisgail, doutora em comunicação e semiótica pela PUC-SP, para quem a bi-curiosity não tem idade para aflorar. “A relação entre duas mulheres faz lembrar o primeiro amor que sentiram na vida: o de suas mães.”



Outra justificativa possível para essa sensação de que há cada vez mais mulheres no mundo dispostas a transar com outras é o “apoio” masculino. É chover no molhado dizer que eles ficam loucos com duas mulheres na cama.


“Fato é que hoje as pessoas estão mais confortáveis para falar de sexo, revelar fantasias, assumir curiosidades. Então, é natural que essas histórias picantes circulem mais por aí. E isso termina instigando as pessoas, despertando sentimentos que elas nem sequer imaginavam que tinham. Ou sabiam e escondiam”, esclarece Fani.

O QUE ELAS DIZEM

“Gosto de homens, mas existe um jogo de sedução que só as mulheres
fazem. Elas te envolvem de um jeito. Seduzem de um modo zero óbvio, sutil e envolvente. Nada como vê-las dançando, com cabelos em movimento”, resume a publicitária Bianca Martines, que namora meninos, mas transa com frequência com meninas.




A ilustradora Violeta Werneck faz coro: “Mulheres são tão delicadas. E têm um gosto doce, bem diferente do masculino”. Violeta teve apenas uma aventura bi-curious na vida. “Pode parecer vulgar, mas faltava o peso de um homem em cima de mim. Senti falta do pênis, da pele áspera”, resume ela.







dicas para o sexo - sexualidade -  Desejos e Fantasias de Casal







 
Support : Copyright © 2015. conto soufatossurreais - All Rights Reserved